LAVABO E PANDEMIAS – QUAL A LIGAÇÃO? Quero despertar a sua curiosidade contando como o lavabo surgiu!

Compartilhe

O seu lavabo ganhará mais importância do que você imagina!

acervo da arquiteta

Você sabe como esse espaço, o lavabo, surgiu na história do mobiliário residencial?

Após uma pandemia. Sim! Isso mesmo.

O mobiliário e sua distribuição dentro da casa sofreram alterações durante e após pandemias ao longo da história da humanidade.

Isso começa com as medidas sanitaristas na Europa no final do século 19. Foi nessa época que as grandes descobertas sobre a transmissão de doenças estava acontecendo.

Com a epidemia de Cólera na Inglaterra, que dizimou as populações urbanas, é que o debate acerca da origem das doenças começa tomar forma e grande preocupação quanto a sua origem, além dos cuidados a tomar.

Naquela época, tarefas muito básicas, como lavar as mãos e limpar a casa, não eram o costume. Com a descoberta das bactérias a compreensão sobre higiene passou a ser difundida.

Com a necessidade de cuidados com higiene foi necessário criar um local para lavar as mãos bem na entrada da casa. Como existiam entregas na porta de casa como leite, carvão, gelo, os usuários da casa se preocuparam como proceder se essas pessoas necessitassem ir ao banheiro. A ideia por trás do lavabo é não ter de compartilhar o banheiro que você e sua família usam com estranhos.

E hoje, estamos diante dessa realidade!

Podemos acrescentar ao lavabo um cabideiro para casacos, álcool em gel, sabonete em barra e também líquido, toalhas descartáveis e um local para guardar sapatos! Acho que esses itens começam a ser incorporados no lavabo.

acervo da arquiteta

Ele não é somente o lugar mais charmoso e inusitado da casa…

Agora ele ganha importância para a nossa saúde sendo um lavabo inteligente! Nosso aliado.

Gostou?

acervo da arquiteta

Comente este blog, compartilhe!

Até a próxima e um grande abraço.

Ana Lore Miranda

Arquiteta | Urbanista | Iluminadora

CAU/RS A12286-6

Taquara e Canela/RS

www.analore.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar para o topo