CONCEITO COSMOPOLITA

Compartilhe

conceito

cosmopolita

Cosmopolitismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
cosmopolitismo (sua etimologia vem do grego cosmopolita + -ismo) é um pensamento filosófico que despreza as fronteiras geográficas impostas pela sociedadeconsiderando que a humanidade — ou, ao menos os cultos — segue as leis do Universo (cosmos) — isto é, considera os homens como formadores de uma único nação, não vendo diferenças entre as mesmas, avaliando o mundo como uma só pátria.
Atualmente o termo é bastante associado a uma ideologia que vê com desprezo a História e os acontecimentos do passado, valorizando apenas o mundo moderno, tanto na área da urbanização — como as metrópoles, as megacidades, as megalópoles etc. — além de outros fatores, a maioria incluindo a alta tecnologia atual.
Alguns dicionários o descrevem como sendo: “Atitude ou doutrina que prega a indiferença ante a cultura, os interesses e/ou soberanias nacionais, com a alegação de que a pátria de todos os homens é o Universo”.

Em Arquitetura de Interiores, podemos traduzir o COSMOPOLITISMO tomando propriedade de diversas formas, cores, texturas, objetos…a exemplo deste apartamento. Curta este vídeo de 2013.

 
[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=aAedqpxVKaM&w=320&h=266]
 

Não propriamente seguindo um estilo, mas sim, trazendo para dentro do espaço em questão alguns itens, objetos, cores ou texturas que signifiquem algo importante para o usuário. Que tenha utilidade, mas fuja de alguns padrões. Fazendo com que conversem entre si, sem propriamente combinarem. Mas não podem desarmonizar o conjunto! Tem que olhar com carinho para o “todo” e entender que NADA ESTÁ INCOMODANDO.É uma mistura boa. Peças antigas com peças assinadas. Objetos de viagem. Tecnologia com tradição. Formas retilíneas ou orgânicas.

 

 

Neste apartamento existe uma limpeza visual tanto no piso como nas paredes.
Nesta pequena sala foi utilizado espelho para ampliar o ambiente. As banquetas da Oppa dão um toque especial com a textura do crochê.
Ao fundo o abajur é a peça que cria o detalhe cosmopolita neste apartamento.
A cor melancia aplicada como pintura sobre MDF  na bancada de apoio multi-uso desta sala é o detalhe mais importante.
Um quadro pode estar no chão, porque não? Desde que ele seja grande o suficiente.
O projeto e execução de Arquitetura de Interiores: 
Ana Lore Miranda
CAU A 12286-6
As fotos publicadas são de autoria de Carlos Edler.

Até o próximo post!!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar para o topo