O sonho da reforma da casa

Compartilhe

REFORMAR?

 

FOTO DO ANTES

Sabe quando a sua vida está completa, mas você ainda quer algo a mais? Sabe quando a sua vida está incompleta e você gostaria de mudar alguma coisa? Pois é, normalmente aí é que entra a REFORMA DA CASA! Ou para fazer um upgrade ou para salvar um relacionamento, a mais pura verdade. E as mudanças são reais, concretas, mas também indiretas e com efeitos colaterais. Assim como tudo pode dar certo, tudo pode ir morro abaixo!! Portanto, muito cuidado. Priorizem o que necessita ser modificado ou extinto, relacione os novos itens e novas rotinas porque a família mudou, cresceu ou diminuiu. Sendo reforma, pense no planeta! Aumentar de tamanho só se for muito necessário. Para quê gerar entulho se você pode fazer de outra forma? Reorganize os equipamentos eletrônicos, faça uma boa logística durante o processo de obra, colete a água da chuva! Pense, pense, pense…E acima de tudo: contrate um bom profissional habilitado que vai criar e organizar isto tudo para você. QUEM CONTRATAR?  Um arquiteto vai criar o projeto e tocar a reforma com todas as atribuições necessárias e legais para isso. Organize um bate-papo com o profissional escolhido e conte a sua rotina, as suas expectativas, o seu estilo de vida. Relate os problemas existentes. Quem vai utilizar todos os espaços é você. Mostre referências que lhe agradem – a internet e as revistas são as melhores fontes para isso – e deixe claro como a casa ou o jardim será aproveitado pela família. Conte sobre o sonho de ter uma hortinha ou uma pitangueira, diga se pretende preparar churrascos e outros encontros. Com essas informações somadas às medidas e a outros aspectos do local, como o trajeto do sol, é criado o estudo preliminar, com desenhos e perspectivas ilustrativas do ambiente. Depois de aprovado, dele nasce o projeto executivo, trazendo cada detalhe. PODE TUDO? Depende. Se a casa fica em um condomínio, será preciso seguir as regras existentes. Na maioria das vezes, há limites para alterar a fachada – e o paisagismo está incluído nesse capítulo. Em um “apê’’ também há restrições: instalar uma piscina ou um ofurô na sacada pode sobrecarregar a estrutura do prédio, e só um engenheiro poderá dar o O.K. para a obra seguir. Cuidado também com a troca de acabamentos, que não podem descaracterizar o visual do prédio. QUANTO VOU GASTAR? Gente, um passo de cada vez…Mas você precisa ter organização financeira se quer reformar.

O QUE É UM PROJETO ARQUITETÔNICO BEM FEITO?

FOTO DO DEPOIS

A partir de um levantamento de medidas, fotografias, análise estrutural, instalações de água, eletricidade, gás, internet e antena, a realidade existente passa a ficar registrada. A entrevista é fundamental. O profissional tem a obrigação de, quando for necessário, discordar dos seus desejos e solicitações iniciais. Mostre os problemas existentes! Infiltrações, mau cheiro, descascamento de texturas ou reboco, entupimentos, vazamentos e rachaduras. Faça um checkup completo da sua casa ou “apê” com o Arquiteto escolhido. Projeto Arquitetônico, Projetos Complementares, Projeto de Arquitetura de Interiores, Projeto Luminotécnico, Design de Mobiliário…tudo pronto! Mas ainda não dá para sair derrubando paredes, mesmo que seja somente o seu terraço ou a cozinha! Você conhece a NBR 16.280? Claro que não!  A NBR 16.280, publicada pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) em 2014, garante que ninguém derrube as paredes do apartamento sem ter uma autorização. Já pensou se o prédio for prejudicado? Existe inclusive atualizações para esta lei. Mas isto é por conta do profissional contratado, ele sim deve lhe orientar! Além de serem informadas ao síndico, as alterações estruturais exigem a presença de um engenheiro ou arquiteto e os respectivos Registro de Responsabilidade Técnica (RRT) e Anotação de Responsabilidade Técnica (ART). Mudanças básicas, como pintura, deverão apenas seguir as regras do condomínio. Não sendo em condomínios, todas as medidas legais precisam ser tomadas de qualquer forma, com responsabilidade técnica assinada e reconhecida pelo CAU/BR.

DICA DA ARQUITETA ANA LORE: não contrate o senhor faz-tudo, é um tiro no pé! Acredite na capacidade de um profissional de arquitetura! Esqueça o tio do jardineiro, o marido da diarista, o zelador do prédio vizinho… O arquiteto é a pessoa indicada e habilitada legalmente.

Neste post utilizamos um trabalho realizado há um ano atrás. A casa em foco precisava de uma atualização geral e a família não aproveitava o pátio de fundos. Não usufruía da linda vista, tão pouco aproveitava a imensa garagem que existia. A garagem continuou guardando dois carros e uma moto. Organizamos a lavanderia, criamos um espaço gourmet com churrasqueira e um home-cine. Nivelamos o pátio de fundos ao mesmo nível da garagem e encaixamos uma piscina linda.  O andar inferior da casa, meio sub-solo, passou a ser o local onde eles mais curtem os finais de semana. É um “case” de sucesso do nosso escritório de Arquitetura aqui no Sul.

GARAGEM E AO FUNDO O LOCAL DA MOTO
ESPAÇO GOURMET
CONSTRUINDO A CAIXA PARA A PISCINA
CONSTRUINDO A PISCINA E INSTALANDO A CASCATA
REVESTINDO O PISO E A CASCATA
RESULTADO FINAL DA CASCATA
IMAGEM DIGITAL
REVESTIMENTO CONCLUÍDO
CONSTRUINDO O BAR COM TIJOLOS MACIÇOS
CONCLUÍDO
ESPAÇO DE CONVÍVIO E AO FUNDO TELA RETRÁTIL DO CINEMA PRINCIPAL, QUANDO RECOLHIDA É A VAGA DO OUTRO AUTOMÓVEL
CONSTRUINDO PÉRGOLA EM MADEIRA
RESULTADO FINAL
UM TERRAÇO SUPERIOR FOI CRIADO
PERSIANA/TELA BLACK-OUT RETRÁTIL ESPECIAL PARA O CINEMA

Entre projeto e reforma foi um ano de trabalho. Os proprietários ficaram morando na casa durante a reforma e para a sua comodidade isolamos o local de trabalho. A equipe envolvida é grande, e cada um deles sabe onde deve entrar para executar a sua etapa graças ao nosso sistema de gestão e planejamento estratégico. Fomos felizes nesta reforma! E você, gostou deste post?

Até o próximo!

Ana Lore Miranda

Arquiteta | Urbanista | Iluminadora

CAU/RS A12286-6

EQUIPE

One Response

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar para o topo